Organização

Como aprender um novo idioma sem perder a cabeça

Trago para vocês um assunto que está sempre em debate. Afinal, quem não tem vontade de aprender um novo idioma hoje em dia? Vontade é o que não falta. O que falta mesmo é coragem.

Muitas pessoas tem receio de aprender algo novo, por medo de falharem. E a vergonha de falhar na fala é ainda pior. Um dos problemas também é não saber por onde começar. Enfim, seja qual for sua dificuldade irei dar uma ajudinha com minha experiência a respeito do assunto.

Vamos começar com o inglês. Meu primeiro contato com o idioma foi lá na longínqua pré-escola, época essa que estava ocupada demais brincando de massinha para me importar em aprender de fato uma nova língua, mas para minha sorte durante todos os meus longos anos escolares eu tive aulas de inglês o que me trouxe certa aproximação com a mesma.

No entanto, mesmo com esse contato prévio (que não passava do enfadonho Verb to be) nunca me dediquei de fato. Até que cresci, me formei, fiz faculdade e perdi uma grande oportunidade por não saber falar o idioma. Essa foi a gota d’água e me fez perceber que não bastava apenas conhecer o inglês, ser seu coleguinha. Precisávamos ser BFFs rsrs.

Foi então que me joguei de cabeça. Não fiz curso por motivos de: zero dinheiros. E também por saber que é um meio não muito eficiente.

Primeiro passo: Você precisa se integrar na cultura desse idioma.

O que no caso do inglês é muito fácil, pois somos americanizados por natureza. Não é preciso ir até um país que fale o idioma (seria ótimo, mas não é necessário), sendo que podemos nos inteirar disso por aqui mesmo. Como?

  • Séries
  • Filmes
  • Músicas

Esse é o TOP 3 educacional pra você que quer aperfeiçoar alguma língua ou começar a aprender. Escute com muita atenção e leia a legenda em português. No caso das músicas, escute enquanto lê a tradução ou procure a letra depois.

Após já estar com o ouvido bem treinado é hora de associar o que você está escutando com a produção escrita. Ou seja, é hora de trocar a legenda em português pela legenda em inglês.

A questão primordial aqui é não ter pressa. Você não vai aprender uma nova língua da noite para o dia, mas com o convívio e interação certa o tempo irá passar sem que você nem perceba! Eu mesma demorei uma eternidade vendo séries legendadas em português até começar a assisti-las em inglês, mas não me arrependo, pois como eu reconhecia bem o som das palavras conseguia associar muito mais sua forma escrita.

  • Nessa fase de troca de legendas segue uma dica importante: Para adquirir vocabulário você deve assistir séries ou filmes que sejam com a temática do dia a dia, porque se você assistir algo com tema específico não vai agregar muita coisa para o seu contexto cotidiano.

Por exemplo, eu gosto de uma série chamada Suits que muitos conhecem. É uma série que se passa quase inteiramente num escritório de advocacia e eu amo a temática da história e as características únicas dos personagens, porém confesso que não entendo metade dos termos que eles usam, porque são muito específicos da área do direito. Então se eu mal consigo acompanhar os trâmites da série em português quem dirá em inglês, não é mesmo? Sendo assim, essa só me arrisco a ver com legenda em port mesmo.

Quais séries indico para serem assistidas com legenda em inglês e ajudar vocês a adquirir vocabulário? Bom, temos algumas como:

  • How I met your mother
  • Friends
  • That’s 70 Show (acompanho essa ultimamente)
  • One day at time
  • Riverdale
  • Fuller House
  • Gilmore Girls
  • The Ranch
  • Gossip Girl

E muitas outras que você pode encontrar no catálogo da nossa queridíssima Netflix.

“E as séries de Super-Herói?”

Recentemente comecei a assistir “Jessica Jones” com legenda em inglês e achei ok até, mas outras como Flash (muita física), Supergirl (muita física/química/termos de laboratório no geral) etc, valem mais a pena serem assistidas com legenda em português.

No entanto, cabe a você decidir o que dá ou não para ver. Faça um teste, se conseguir entender com tranquilidade, siga em frente, caso contrário volte uma casa para a boa e velha segurança da legenda materna.

Como já disse anteriormente, não tenha pressa. Se está assistindo algo legendado em inglês e perder o fio da meda, não entender determinada sentença, não tenha medo de alterar a legenda e voltar trinta segundos para compreender a fala. Afinal, é assim que se aprende!

  • LEITURA:

Demorei muito tempo para me sentir segura e começar a ler em inglês, acontece que você não precisa estar 100% preparado para iniciar uma leitura em outro dioma. Após algumas sessões com a Netflix você irá naturalmente ler com mais facilidade e mesmo que tenha problema com alguma palavra ou sentença não tema, para isso que existe nosso amigo dicionário!

Meu primeiro livro em inglês foi um clássico e li assim que entrei no curso de Letras. “Gulliver’s Travels” (As viagens de Gulliver) foi o meu terror e o meu prazer. A versão resumida me fez acreditar que eu era capaz de começar a ler em inglês e assim o fiz.

No começo, o dicionário será seu parceiro inseparável, mas com o tempo ele vai ficando de lado. Importante dizer que a leitura não será feita como uma tradução, pois você é leitor e não tradutor. O que isso quer dizer? Que não cabe a você definir qual a melhor forma de traduzir uma sentença, seu dever é ler e compreender a ideia que foi passada. Fim.

  • Indico que comecem lendo Literatura YA (Young Adult), livros juvenis e infanto-juvenis. Esses possuem a linguagem mais simples e clara.

Quais livros já li em inglês:

  • Gulliver’s Travels
  • We are all made of molecules
  • Love, Rosie (em andamento)

~ Vamos aumentar esta lista aí em breve ~

A dificuldade de muitos é entender que o inglês não pode ser traduzido ao pé da letra de forma alguma, pois isso dificulta o sentido do texto. Quando você começar a ler em inglês vai entender o que estou falando. Uma amiga me perguntou certa vez como a leitura era feito dentro da minha cabeça rsrs se era igual ao português e a resposta é: NÃO! (Em letras garrafais mesmo, para você fixar isso em sua mente)

Enquanto fazemos a leitura não aparece uma legenda em português toda certinha em nosso cérebro. Nós lemos e associamos as palavras que formam ideias que entendemos. Ótimo, próximo parágrafo por favor! E assim vai.

Além do dicionário maravilhoso que encontrei nas minhas andanças pelas livrarias de SP, uso também o aplicativo U-Dicionário que todo dia me notifica com uma palavra nova e um phrasal verb (expressões idiomáticas).

Enfim, resumindo, você precisa fazer uma imersão na cultura do idioma para conseguir de fato aprendê-la e lembrar que a linguagem se divide em quatro funções: escrita, leitura, compreensão (escuta) e fala.

Para você escrever bem, é preciso ler muito. Para você falar bem, é preciso escutar muito. Um está atrelado ao outro.

O último estágio é a fala, sim isso mesmo! Durante todo esse processo, provavelmente você já estará falando algumas coisas, mas este é o último estágio, pois é a parte mais difícil. Seja por vergonha ou medo de errar, temos sérios problemas na hora de colocar a língua pra trabalhar e expressar o que estamos pensando (eu inclusa). Então minha dica é que se caso você não tenha com quem praticar, dê a louca e fale sozinho, cante no chuveiro, planeje conversas mentalmente e interprete os dois papéis, responda seu amigo em inglês (mesmo que ele te olhe como louco) com expressões que vierem a sua mente e que se encaixem na conversa. Essa última eu faço com frequência, soltando frases do tipo:

  • Whats happening?
  • I dont know
  • I dont have money
  • What is goes on?
  • That’s even possible?
  • What is your problem?
  • I dont think so

Quem sabe assim você até motiva seu amigo a praticar o inglês também 🙂

Uau! O post ficou maior do que eu esperava, mas espero que tenha sido útil 😀 Lembrando que essas dicas servem para outros idiomas também, pois estou começando o francês e todo dia é um filme diferente aqui em casa para treinar o ouvido! rsrs

Não se esqueça também que para aprender um idioma você precisa gosta dele primeiro. Não vá aprender russo se você não tem nenhuma afinidade com a língua! A afinidade pode ser por você achar o tom da língua bonito ou porque você trabalha com ela ou ainda porque você quer visitar ou morar em determinado país. Então, fique atento aos seus gostos e metas para começo de conversa!

 

See you soon ❤

Advertisements

One thought on “Como aprender um novo idioma sem perder a cabeça

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s