Filmes

#QueFilmeFoiEsse?! – Pantera Negra

O filme do momento, o novo queridinho dos fãs da Marvel, Pantera Negra chegou para explodir em nossas faces conceitos morais, sociais, raciais e culturais. E nós ficamos como? De boca aberta, é claro!

Talvez eu seja suspeita para falar já que sou completamente apaixonada pelos heróis da Marvel (sorry, DC, eu gosto do Flash e da Mulher Maravilha, mas… prioridades), porém é fato consumado que esse filme não deixou a desejar em absolutamente nada. Fiquei impressionada com a história, os personagens bem construídos, os efeitos muito bem elaborados.

Acredito que o mais incrível desse longa seja o engajamento em atender um outro tipo de público, perscrutar diversos aspectos da cultura africana com tanto afinco e nos fazer vê-la sem os nossos pré-conceitos de sempre. A forma como o filme trata com realidade a vida nos guetos e o estilo de vida africano me deixaram arrepiada.

Enfim, vamos para o enfoque da trama: Pantera Negra. Ele que surgiu em “Capitão América – Guerra Civil” e fez uma aparição tal qual lhe rendeu um filme solo por mérito. A história do filme se passa logo após os acontecimentos da Guerra Civil do meu querido capitão América e mal sabíamos nós que tal guerra conseguiria atingir a própria Wakanda.

Wakanda é um país de terceiro mundo que aparentemente não possui muitos recursos, uma mentira deslavada na cara dura do mundo. Afinal, o país é na verdade um dos lugares mais bem protegidos e tecnológicos que o mundo poderia conhecer (vibranium pra tudo que é lado!). T-Chala (Pantera Negra) toma o lugar de seu pai que faleceu durante um atentado e vive um dilema: compartilhar ou não compartilhar todas as maravilhas que eles possuem em seu país.

Enquanto isso, do outro lado do mundo, um rapaz rouba artefatos de Wakanda para contrabando, mas seu plano é muito maior que apenas fazer ladroagens por aí.

São tantos os temas abordados num só filme que é difícil me concentrar no que escrever. Você vai perceber que nem todo Rei é apenas bom e que nem todo vilão é apenas mau. Há sempre marcas do passado que moldam seu caráter. Você vai entender a beleza da cultura africana, suas roupas, suas crenças, sua vida. Você vai ver que a mulher tem seu lugar no mundo, seja ele como guerreira, cientista, ativista é e sempre será também papel de amor e servidão (no sentido bom da palavra, senhoras feministas de plantão!). Você vai aprender que nem sempre se esconder é a coisa certa, mesmo que seja para se proteger.

O filme é um apanhado de reflexões sobre questões diversas e fiquei feliz em ver tudo isso junto numa trama tão divertida e eficaz.

E a lição mais valiosa é: O que é bom deve ser compartilhado.

Quantas coisas preciosas você tem guardado só para si mesmo? Quanto conhecimento? Quanto amor? Quanta coisa boa você tem agarrado para si esquecendo daqueles que nada tem?

Pantera Negra nos ensina que há sempre um modo errado e um modo correto de se fazer o que é certo. Escolhamos com sabedoria os nossos meios, pois ao contrário do que se pensa, os fins não justificam eles.

WAKANDA FOREVER!

😉

Ps. Acho que uma turma de alunos de escola pública foi levada por algum professor para assistir o filme e achei isso a coisa mais linda do mundo. Por mais professores assim!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s